Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Add new tag’

 

 

 

 

 

Aracaju                                                                                      

 

Hoje acordei cedo e fiquei esperando qualquer movimento: todos os soldadinhos ainda dormiam enquanto eu tomava ar fora da caixa de brinquedos. Meu coração palpitou forte ao ver chegar uma carta para mim. Pensei ser a doce bailarina e sorri; Abri o envelope com ânsia e tão surpresa foi minha reação: não era a carta que tanto precisei, nem tão pouco era uma carta. Mirei o papel em minhas mãos e logo o contentamento voltou a meus lábios. O papel continha as mais belas imagens que já vi: e tocou-me por tocar a alma. As imagens foram feitas a mão por uma tal Maria, era ela lá das terras do Aracaju a menina. Se fores tão doce quando a fotografia quererei conhecê-la a fundo.

Imaginei por ora como haveria ela de saber que gosto do cinema, como gosto das bailarinas e dos pierrôs. Não sei qual o propósito da foto, mas acertou o alvo. Os meus olhos molharam-se ao ver o pierrô filmando a bailarina… Não sou um pierrô, sou um soldado, mas pensei que um dia a doce Maria pudesse desenhar um soldadinho filmando o mundo e também pensei que como tão perfeitos traços de uma arquiteta eu um dia pudesse pedir que Maria arquitetasse uma nova casinha de brinquedos para mim: uma casinha em que nela coubesse os sonhos e as dores: coubesse bailarinas e girassóis. E que também houvesse desenhado um lugar de relicário onde todos os sonhos saíssem do papel e lá se guardassem esperando um tempo, Onde todas as imagens fossem em película e que todas as tarde ao cair a noite entrássemos todos juntos pelas nossas próprias pernas e sem que algum dono nos empurrasse brutalmente contra o sonho. E assim assistiríamos atentos ao filme que construiríamos juntos, veríamos filmes onde tivessem arquitetos e cineastas e que a trilha sonora fosse feita ao som dos violinos

 Imagen: Párbata Côrtes
Anúncios

Read Full Post »